Orgulho!

Orgulho!

domingo, 15 de janeiro de 2012

WALACHAI

Retorno ao documentário WALACHAI e insisto para que o vejam.
O lugar, devido ao seu isolamento, manteve costumes dos antepassados imigrantes bem como desenvolveu um dialeto próprio.
O alemão de Walachai não é entendido pelos próprios alemães e vice-versa.
Muito interessante!


"Não sei se você sabe, mas antes de fazer o meu filme WALACHAI, fiz um curta metragem sobre a estória do professor e seu livro. Você pode assistir no link:"
www.vimeo.com/5647512
R.Z.










COMO CHEGAR A WALACHAI:


Fragmento do comentário de um casal de amigos alemães para o qual enviei o documentário:

"Wir haben aber den Eindruck, dass die Leute sehr glücklich sind mit ihrem Leben."

Nós temos a impressão que as pessoas são felizes com as suas vidas neste lugar.



Rejane Zillmes com o incentivador do seu trabalho, Nélio Schmidt

Um comentário:

  1. Maravilhoso, lindo, muito lindo.


    Jorge Ritter

    ResponderExcluir